Instagram: todas as redes em uma?

Quando o Instagram surgiu, em outubro de 2010 apenas para iPhones, ele era um aplicativo de fotos – e só! Levou pouco mais de um ano para que ele chegasse ao Android, em abril de 2012, mesmo mês em que foi comprado pelo Facebook, e assim ele continuava: os usuários postavam as melhores fotos com filtros que davam um tom profissional ou retrô, corrigiam e enriqueciam as imagens, e tudo o que as pessoas buscavam ali eram fotos de qualidade incrível, artísticas e diferenciadas.

Depois da compra pelo Facebook, as mudanças e novidades se tornaram constantes – parte delas porque o dono de tudo, Mark Zuckerberg, passou a incorporar funcionalidades de outros aplicativos quando não os conseguia comprar:

  • Surgiram os anúncios;
  • Foi criada a direct message;
  • Perfis comerciais ganharam os Insights, que possibilitam ver informações como envolvimento dos usuários com as postagens;
  • Chegaram os Stories, completamente inspirados e feitos claramente para concorrer com o Snapchat;
  • Lançaram o IGTV – concorrência ao YouTube;
  • Surgiu o recurso para fazer lives, tão essenciais no momento;
  • Chegou o Reels, para bater de frente com o TikTok.

O que quer dizer tudo isso?

Tudo ao mesmo tempo agora

Que, hoje, no Instagram, você pode escrever textos de até 2.200 caracteres (o que o caracteriza como um microblog), postar fotos com ou sem efeitos, vídeos curtos, vídeos longos, vídeos rapidamente editados, imagens com efeitos e mensagens, enquetes, perguntas que desaparecem em 24 horas e lives; pode, ainda, vender seus produtos, abrir sua loja, ganhar dinheiro como influenciador, autoridade na sua área ou simplesmente com seu e-commerce.

O Reels, uma das mais novas funcionalidades do aplicativo que acaba de ser estendido a 50 países, chegou para concorrer diretamente com o TikTok, plataforma chinesa que tem hoje 500 milhões de usuários no mundo. Muitos influenciadores, geradores de conteúdo e empresas já estão usando a nova função da rede.

Com tantos meios de se gerar conteúdo disponível em uma única rede, já não dá mais para pensar em não fazer parte dela, até porque o Instagram é uma das maiores plataformas de marketing digital e, para quem sabe planejar e se compromete em se envolver com a produção de conteúdo, promete trazer ótimos resultados para os negócios.

Para quem gosta dessa comodidade de ter tudo em um, em maio o Instagram anunciou mais uma ferramenta: a criação das Guias. A nova função da plataforma permite publicações de textos, vídeos e fotos, tudo em um único conteúdo. De acordo com o blog da rede, os primeiros conteúdos nas Guias serão sobre bem-estar, conexão com outras pessoas e de como lidar com ansiedade e luto, reflexo do momento.

É tudo muito confuso? Talvez. Dá para usar todos os canais que ele oferece? Sim! Preciso começar por todos? Definitivamente não. Considere que o Instagram é, de fato, muitas redes em uma. Primeiro, não fique fora dele. Em seguida, comece a dominar, aos poucos, cada funcionalidade que ele oferece. E seja bem-vindo a este mundo sem volta!